MARCHA DAS MULHERES INDÍGENAS

Precisamos dar visibilidade às ações das mulheres indígenas discutindo questões inerentes às suas diversas realidades, reconhecendo e fortalecendo os seus protagonismos.




Porque seu apoio é tão importante?

À partir de março, pelo menos quatorze casos de invasões ilegais foram documentados em todo o Brasil, principalmente na Amazônia.
Os povos indígenas estão pedindo socorro! A nossa mãe terra está gritando por ajuda e nós, da comunidade indígena, somos os que protegemos o pouco verde que resta!

Não vamos nos calar e precisamos da sua ajuda!

A primeira Marcha das Mulheres indígenas será realizada com um recurso próprio, apoio de organizações parceiras e com as doações arrecadadas por uma vakinha online!
Sua doação é fundamental para garantir a chegada das lideranças até Brasília e a realização desse encontro.

Se inscreva no formulário e sempre que houver oportunidades de ação pelos nossos direitos, você será avisado!
Venha lutar conosco, vamos somar juntos por uma democracia igual para todos e todas!

Juntos seremos muito mais fortes. Vamos mostrar a nossa resistência!

Quero ajudar a comunidade indígena

A Primeira Marcha das Mulheres Indígenas têm o objetivo de mostrar que a força feminina pode ocupar os espaços de poder e os espaços de decisões dentro das suas bases, acreditamos que as mulheres que continuam nas aldeias sustentando a cultura têm um papel importante, mas também é importante que mulheres indígenas possam segurar uma caneta e possam, também, segurar espaços políticos.
É hora de somar e mostrar a força feminina na luta em defesa dos seus direitos em defesa da vida. Os territórios indígenas estão sendo invadidos, lideranças estão sendo assassinadas estamos em uma era onde temos um governo que não aceita e não respeita os nosso modos de vida, com esse intuito vamos ocupar Brasília pela demarcação da terras indígenas, pelo fortalecimento da Funai, pela não municipalização da Sesai, por uma educação de qualidade em nossos territórios e pelo bem viver!
Juntas e unidas as mulheres indígenas vão pintar Brasilia de Urucum e Jenipapo, e afirmar que não aceitaremos mais nenhum sangue indígena derramado nessa terra sagrada!




DOE
MANTIMENTOS, COBERTAS, COLCHÕES E ÀGUA PARA AS MULHERES INDÍGENAS

A arrecadação será realizada pela APIB, mais informações em apibbsb@gmail.com






















FIQUE POR DENTRO DA MARCHA

Começou! Hoje (09/08) pela manhã, as lideranças Sônia Guajajara, Nyg Kaingang, Célia Xakriabá e Cristiane Pankararu apresentaram a Marcha das Mulheres Indígenas em uma coletiva com a imprensa nacional e internacional.

De hoje até quarta-feira as mulheres indígenas estarão reunidas em Brasília para um momento único de encontro e protagonismo das guerreiras de todo Brasil.

Acompanhe a cobertura!

Fotos: Mídia NINJA

#MarchaDasMulheresIndigenas #MulheresIndigenas #nenhumagotaamais




O projeto Mídia Índia foi lançado oficialmente em abril de 2017 na maior mobilização anual de indígenas do Brasil, o Acampamento Terra Livre. À partir dali, somado ao apoio de coletivos e redes de comunicação ativistas já existentes, formou-se um grupo de 10 jovens que começam seu processo de formação e empoderamento das ferramentas de mídia e comunicação.

O nosso objetivo é fortalecer a Mídia Índia como um veículo de comunicação oficial da causa indígena, ampliar a difusão e visibilidade da luta dos povos, da sua busca por direitos e por terras. É um dos únicos veículos de comunicação formado por indígenas, coordenado por indígenas e com foco da luta indígena.
Mostramos o nosso protagonismo afirmando que podemos contar a nossa história como ela realmente deve ser contada e mostrada para que todos possam conhecer a verdade sobre os povos originários.